Google e Facebook estão de olho em você !

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Google e Facebook estão de olho em você !

Mensagem por Overcast em Seg 5 Nov - 19:15



A Internet deixou de ser apenas uma forma de comunicação e entretenimento da grande massa para se tornar um gigantesco banco de dados onde constam informações sobre tudo e todos. E nós mesmos entregamos essas informações de livre e espontânea vontade. Quem somos, onde moramos, com quem vivemos, nossos gostos e preferências, nosso estilo de vida, tudo isto está sendo armazenado por grandes companhias como Google e Facebook, com propósitos exclusivos de marketing.


Há quem duvide, talvez ache que eu estou exagerando. Mas você mesmo pode fazer um teste rápido: Acesse um navegador que você não usa muito ou limpe o cache do seu navegador atual e pesquise no Google sobre algum produto que o interesse. Após isso você irá notar que aquele produto pesquisado milagrosamente veio até você através de propagandas no Youtube, em sites que utilizam o Google Adsense (serviço de publicidade do Google) e até no Facebook.. Oras, qual a relação do Facebook com o Google?



Isso ocorre porque você pesquisou sobre este assunto e deixou claro para o sistema do Google que você está interessado neste produto. É óbvio que você tem mais chances de adquirir este produto do que uma pessoa qualquer (uma que o Google ainda não saiba os interesses).

O Google trabalha com uma rede de publicidade que atinge todo o mundo. Entre vários sistemas de tracking destaca-se o Double Click, um sistema adquirido pelo Google em abril de 2007. O que este sistema faz é gravar um cookie no seu computador com informações referentes a você, de forma a criar um perfil de anúncio que se encaixa melhor com os seus gostos. E esse cookie é lido pelo Google, assim você passa a ver anúncios relevantes quando visita sites com Adsense (Este blog usa o Google Adsense), aumentando a possibilidade de um clique.

Ok, sabemos que o Google rastreia os cliques do seu mouse por toda a Internet. Mas para onde vão estas informações? Não sabemos ao certo, mas eu posso sugerir algo? Estas informações são muito valiosas para serem guardadas a sete chaves. Acredito que a nossa vida faça parte de um grande comércio mundial de dados. Sabem aqueles e-mails SPAM que você vive recebendo? Como conseguiram o seu e-mail? Como sabem o que você gosta? O Google gosta tanto das suas informações que ofereceu dinheiro publicamente por elas através de um programa, confira: O Google compra a sua privacidade.



Estas pessoas adquirem listas de e-mails e perfis que se encaixam melhor no seu produto, e começam a enviar para as pessoas certas. Não enviam para todas, pois sabem que quantidade nem sempre é qualidade. Mais vale enviar para uma pessoa que tem uma chance de adquirir o produto do que para mil pessoas que não se interessam por isso.

Não estou alegando que o Google vende suas informações abertamente, mas alguém muito conhecido faz isso e tenho certeza que você o conhece:

Facebook



Você leu o contrato do Facebook antes de iniciar na rede social? Acho que não, estou correto? Esse é um péssimo costume típico do brasileiro. Eu mesmo já assinei contratos bancários sem sequer ler uma linha. Bom, vou fazer um resumo do que considerei mais importante em todos os termos do Facebook.

Quando você aceita o contrato ao se registrar na rede social, concorda plenamente e sem direito de revogação a:

Conceder ao Facebook a propriedade exclusiva, perpétua e intransferível de todas as suas informações ali inseridas, incluindo o direito de exibição pública;
Suas informações (fotos, atualizações de status, amigos) não serão excluídas caso o usuário venha a cancelar o contrato e fechar a sua conta.
Nestes dois termos já podemos identificar as intenções do Facebook. Você concede o pleno direito sobre as suas informações e permite que elas sejam exibidas publicamente em qualquer lugar, sem qualquer restrição. E não permite a exclusão sob nenhuma hipótese dos seus conteúdos ali publicados.

Fica claro que tudo isso se trata de uma enorme estratégia de marketing, onde o Facebook traça o perfil do usuário e direciona anúncios que teoricamente seriam relevantes a ele. Além disso, suas informações param nas mãos de anunciantes e organizações externas, tanto que o Facebook responde até hoje nos tribunais por estes problemas.



Alguns fatos intrigantes sobre o Facebook

Em 2007 o Facebook vendou 1.6% de sua companhia a Microsoft com o objetivo de tornar o Facebook uma ferramenta que uma ampla base de dados real de seus usuários, para se converter em consumidores potenciais, com o auxílio da Microsoft. Justamente a Microsoft, a empresa que está em 98% dos lares em todo o mundo…
Os termos do Facebook lhe concede o direito de sublicenciar o conteúdo do usuário para quaisquer fins, ou seja, terceiros e às multinacionais.
Por trás do Facebook não está somente o Mark Zuckerberg, mas também o ex-presidente da Greylock Venture Capital Association, Gilman Louie. Esta empresa investiu em 2006 no Facebook a quantia de 32 milhões de dólares.
Gilman Louie é CEO de uma organização chamada InQTel, que é a principal linha de investigação da CIA.
Liguem os pontos, uma grande companhia investiu no Facebook e curiosamente o seu presidente é CEO (gerência) de uma organização que é a principal linha de investigação da CIA, Agência de Inteligência dos EUA.

Depois disso, nem preciso falar mais nada não é?
Antes que me perguntem, eu uso sim o Facebook, mas procuro limitar ao máximo minhas informações publicadas.

Fontes : Computer World , Microsoft, Jornal Estadão, TeleGraph, CIA, Google, Folha de São Paulo

Overcast

Membro

Nada
Mensagens : 43
Pontos de Participação : 123
Reputação : 16
Data de inscrição : 25/01/2012
Respeito as regras :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum