A semana no BR-Linux: Tchau Flash, tchau Adobe Reader, feliz aniversário Debian

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A semana no BR-Linux: Tchau Flash, tchau Adobe Reader, feliz aniversário Debian

Mensagem por Sabotage em Ter 21 Ago - 13:11



Chegou o último dia: Adobe corta novas instalações do Flash no Android, recomenda HTML5: Apesar de todas as declarações de que o Flash levaria “a experiência da web completa para os dispositivos móveis”, a Adobe desistiu de mantê-lo para as plataformas móveis já em 2011 (avisando que iria se concentrar no HTML5), e em junho anunciou que passaria a limitar novas instalações a partir do Android Market, embora ainda vá permitir reinstalações em dispositivos que já o possuam.
Chegou a hora de desativar seu plugin Java?: Trecho inicial da minha coluna no TechTudo: Via techtudo.com.br: Variados fornecedores de sistemas operacionais têm recomendado cautelas especiais ou mesmo reduzido seu suporte a aplicações Java, por motivos que incluem aspectos de mercado, de tecnologia e de segurança.



Instalando o Ubuntu em um computador Apple Intel: Via ubuntero.com.br: “Tendo como inspiração a façanha do Andrei durante o FISL, o qual instalou paralelamente ao Mac OS X o Ubuntu, resolvi também realizar o processo.”
Despedida: lançado o último ISO do BigLinux: Enviado por Bruno Gonçalves Araujo (bigbrunoΘgmail·com): “A distribuição BigLinux, que teve praticamente todos seus lançamentos informados aqui no BR-Linux teve seu derradeiro ISO lançado.



Um ambiente de desenvolvimento feito de Vim: O Vim, herdeiro criado em 1991 do tradicional vi, é o editor escolhido por muitos desenvolvedores de software, mas ele pode fazer bem mais do que simplesmente oferecer os recursos de edição do código.
Coitada da TV Digital interativa. Mais maltratada, impossível: Reproduzi parte da conclusão da De Luca (tratando do Ginga, claro), mas recomendo a leitura do texto completo no link, para ver o contexto interessante que conduziu a ela.
Novas vulnerabilidades no Adobe Reader: Google alertou Adobe, que optou por não resolver situação na versão Linux: Houve tempo em que o pacote Adobe Reader (ou um de seus nomes anteriores) estava presente na maioria dos desktops Linux que eu instalava, mas uma série de motivos fez outras alternativas de exibição de PDF começarem a vir como default das instalações e conquistarem seu espaço, pela qualidade e comodidade. Mas esse tempo ficou para trás.
Mozilla concretiza sua meia-volta e inclui suporte ao codec H.264 no Firefox para Android: A batalha da tag <video> do HTML5 começou no finalzinho da década passada, polarizada desde o princípio entre os defensores do formato profundamente patenteado H.264/MPEG4 e seus detratores (incluindo a Mozilla), que preferiam formatos como o Ogg Theora e (posteriormente) o WebM.
CyanogenMod 9 declarado estável: A equipe que mantém o popular firmware comunitário CyanogenMod, baseado no Android, anunciou que considera estável a sua versão 9, que será a última baseada no Android 4, e que agora passará a se concentrar no CyanogenMod 10, baseado no Android 4.1.
Vídeo-aula LinuxClass gratuita: Firewall com IPTABLES: Enviado por LinuxClass Treinamentos (julianoΘlinuxclass·com·br): “Lançamos aqui no BR-Linux, em primeira mão, a primeira video aula do projeto da empresa LinuxClass de contribuição com a comunidade.
Como assistir Blu-Ray com o VLC no Linux: Acho que não conheço ninguém que tenha um drive de Blu-Ray instalado em seu desktop, mas certamente há quem tenha, e estes podem ter interesse em conhecer uma sequência de passos não muito complicados que podem ser executados para assistir a filmes em Blu-Ray comerciais pré-2012 (se usarem BD+, não funcionarão) no Ubuntu ou, com pequenas adaptações, também em outras distribuições.
Em defesa do videogame Ouya: O Ouya no momento está a ~7 meses da data atualmente prevista para o início da sua disponibilidade; a interessante análise do Thiago, portanto, corresponde a expectativas baseadas no que foi anunciado e previsto.
19 anos: Feliz aniversário, Debian: Enviado por Albino B Neto (binoabnΘgmail·com): “Hoje o Debian está completando seus 19 anos de idade.
Unity-2D é removido por default do Ubuntu 12.10: Enviado por Tiago Hillebrandt (tiagohillebrandtΘubuntu·com): “O Unity-2D foi removido através de uma atualização disponibilizada hoje na versão alpha 3 do Ubuntu 12.10.
GCC portando seu próprio código para C++: A árvore de desenvolvimento do GCC recentemente recebeu uma série de inclusões de código que ativam uma reimplementação em C++ do código do estágio 1 do compilador, originalmente desenvolvido em C.

Fonte: http://br-linux.org




thedisappereads@hotmail.com

Spoiler:


Spoiler:
[center]


Spoiler:
Sou FÃ desses Carinhas!!!










avatar
Sabotage

Membro

Nada
Mensagens : 330
Pontos de Participação : 699
Reputação : 71
Idade : 84
Localização : eth0
Data de inscrição : 04/06/2012
Respeito as regras :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum